Patrões desrespeitam acordo: o Governador vai ficar parado?



O Sindicato dos Rodoviários continua na luta pela manutenção dos empregos O Sindicato continua na luta para que os empresários não se utilizem da pandemia para avançar no seu antigo projeto de demissão e, assim, abrir espaço para avançar com a dupla função. Além de desrespeitar o acordo firmado de não demitir, muitas demissões foram feitas colocando em risco o pagamento dos direitos que são devidos ao trabalhador. Temos muitos relatos de que demitidos estão sem conseguir sacar o FGTS, em virtude da má fé das empresas. O nosso foco é impedir as demissões. O MPT deu um prazo até sexta (17), para que a patronal diga se mantém ou não as demissões para que, assim, iniciativas possam ser tomadas contra os empresários. Paulo Câmara tem que fazer valer sua palavra de que todos seriam readmitidos. Continuamos a orientar para que os trabalhadores não assinem nenhuma rescisão. Não colaborem com o plano covarde dos patrões. Por fim, o Sindicato solicita que os trabalhadores que foram demitidos levem uma cópia da sua rescisão até à sede do Sindicato (Rua Araripina, 111 - Santo Amaro).


Veja vídeo com orientações da advogada do Sindicato dos Rodoviários, Raquel Sousa:




  • Branca Ícone Instagram

Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários Urbanos de Passageiros do Recife e Região Metropolitana, Mata Sul e Norte de Pernambuco. Rua Araripina, Santo Amaro, 111, Recife-PE. CEP 50040-170. Fone: (81) 3048.6010. CNPJ 11.026.788/0001-21