Os problemas continuam. Cadê a noção da empresa Vera Cruz?


No dia 06 de Fevereiro, o Sindicato participou de protesto dos rodoviários na garagem da empresa Vera Cruz, em Prazeres

Suspensões abusivas, descontos sem explicação, faltas apontadas no dia que o rodoviário trabalhou, falta de água para beber na garagem e nos terminais, cobrança de passagem para o funcionário pegar o carro que leva para Porto, vários tipos de assédio moral...


Todas estas situações absurdas acima listadas fazem parte da atual realidade desta empresa. A lista é grande e, mesmo assim, é bem provável que tenhamos deixado algo de fora.


Anos de convívio com direções sindicais traidoras e permissivas fez a Vera Cruz ficar sem noção. Quase compreensível.


O problema é que os tempos são outros. A categoria agora tem uma direção que vai em cima, que cobra. Cobra ainda mais depois de mais de 1 mês de diálogo com a direção da empresa e... tudo na mesma ou piorando.


Fomos lá na madrugada do dia 06 e demos o recado. Parte dos problemas foi resolvido: a demissão do gerente. A correção dos pagamentos errados a empresa recebeu um prazo para realizar e não realizou.


Se estes e os outros abusos não cessarem, voltaremos para a frente da empresa para organizar uma assembleia com os funcionários e vamos propor greve por tempo indeterminado.


Te orienta, Vera! Estamos de olho.