Em assembleia, rodoviários da Caxangá rejeitam a dupla função


Rodoviários reafirmaram decisão da assembleia do dia 19, que rejeitou a dupla função

Na manhã desta quarta-feira, 04 de março, realizamos uma forte assembleia em frente à garagem da Rodoviária Caxangá, em Olinda-PE, para discutir principalmente a retirada dos cobradores e cobradoras dos seus postos de trabalho, intensificada nos últimos dias. Por unanimidade, os rodoviários reafirmaram a deliberação da assembleia do dia 19 de fevereiro, rejeitando a dupla função.


O Sindicato já notificou a Urbana e as empresas sobre a nulidade da dupla função, uma vez que, segundo a própria convenção coletiva de trabalho firmada pela antiga diretoria e pela patronal, a dupla função só poderia ser aplicada com o consentimento do trabalhador e os rodoviários, em seus espaços de deliberação, rejeitaram a questão.


O Sindicato dos Rodoviários irá aguardar uma resposta das empresas sobre esta notificação até o dia 17 de março, quando, se não for respeitada a vontade da categoria, novas mobilizações serão marcadas.