top of page

Diante da situação da Vera Cruz, governo Raquel Lyra falta mais uma vez a audiência no MPT e silencia sobre a situação dos trabalhadores



Nesta terça-feira (26/03/2024) às 11h00 deveria ter ocorrido uma audiência de mediação no Ministério Público do Trabalho (MPT) para discutir a situação dos trabalhadores da Empresa Vera Cruz, diante dos últimos acontecimentos envolvendo a operação da empresa no sistema público de passageiros do Grande Recife e amplamente noticiado pela imprensa.


No entanto, o Grande Recife Consórcio de Transporte mais uma vez esteve ausente na audiência; um claro desrespeito ao MPT e principalmente aos usuários e trabalhadores da Vera Cruz. Esse mesmo Grande Recife tomou uma série de medidas contra a Empresa Vera Cruz, ainda não respondeu as perguntas básicas: Quais empresas assumirão a operação? Qual o impacto para a população e principalmente como fica a situação dos trabalhadores e trabalhadoras da Vera Cruz.


A preocupação do sindicato é com a garantia de que não haverá redução da frota, que nenhuma linha seja afetada e que nenhum posto de trabalho seja fechado. As consequências dessa crise não podem recair nos ombros de usuários e trabalhadores da Vera Cruz.


De nada adianta o governo Raquel Lyra, através do Grande Recife propagandear que a situação será resolvida e que não haverá impactos, sem informar com clareza como isso se dará.


A ausência do grande Recife na segunda audiência marcada pelo MPT é um descaso, um desrespeito, a todos nós que temos compromisso com um transporte digno e de qualidade para usuários e trabalhadores. Uma nova audiência foi marcada para o próximo dia 04 de abril às 15h00. Esperamos que dessa vez o Grande Recife não fuja e arque com suas responsabilidades.


De nossa parte afirmamos que seguiremos organizados, deixando claro que independentemente da empresa ou empresas que assumam a operação da Vera Cruz, não aceitaremos nenhuma demissão. Esse contingente de trabalhadores precisa ter garantias da preservação dos seus empregos!


Recife, 26 de março de 2024.

Sindicato dos Rodoviários do Recife e Região Metropolitana

Comments


bottom of page